"Deus me respeita quando eu trabalho. Mas me ama quando eu canto."

quinta-feira, setembro 24, 2009

O GOLPE DA TRINCA LULA-CHÁVEZ-ORTEGA JÁ DEU CERTO


Fonte: Reinaldo Azevedo

É claro que o governo provisório de Honduras está por um fio. Lula pediu, e vai ter, uma reunião com Barack Obama, presidente dos EUA, o principal responsável pela tragédia que acomete aquele pequeno país. A ONU retirou o que chamava de assistência ao processo eleitoral do país. Na prática, diz que não reconhece mais o pleito de novembro. E, agora, não há mesmo como ele se realizar.

Cumpre-se, assim, o principal objetivo da tramóia em que se meteu o Brasil. O objetivo era este mesmo: melar as eleições. Hugo Chávez e Miguel D’Escoto, o sandinista que preside a Assembléia Geral da ONU, já haviam dito que exigiam a volta de Zelaya e a prorrogação de seu mandato, “descontando-se” o tempo em que ficou afastado do poder.

A equação é simples:
a - exige-se a restituição de Zelaya:
b - adiam-se as eleições;
c - logo, prorroga-se o mandato.

É preciso lembrar que Roberto Micheletti, inicialmente, havia aceitado o tal Plano Arias: Zelaya seria restituído, uma junta com representantes dos três Poderes se formaria para acompanhar o governo, a tal proposta de consulta para mudar a constituição seria cancelada, e novas eleições se fariam em novembro. O presidente deposto chegou a titubear, mas Chávez falou por ele. Classificou a proposta de um golpe dos EUA, imaginem… E Zelaya fincou pé: exigia a volta sem condicionantes e a punição dos “golpistas”. E se chegou ao impasse.

As eleições de novembro tendiam a resolver tudo. Arias já havia dito que considerava que poderia estar ali uma solução. E, então, entraram em cena Chávez, Lula e Ortega. Voltaremos a este assunto. Por agora, sintetizo: para os candidatos a populistas absolutistas do continente, a única solução aceitável era e é a restituição de Zelaya. A mensagem que tem de ficar é esta: ninguém toca num presidente eleito, ainda que ele sabote a Constituição.

Tudo sob as bênçãos de Barack Hussein, aquele que agora se orgulha do fato de que os EUA não podem “resolver todos os problemas do mundo”.

O golpe da trinca Lula-Chávez-Ortega já deu certo.

2 comentários:

Jurema Cappelletti disse...

Agora podemos participar em conjunto de um mesmo espaço, para troca de idéias, exposição de textos, fotos e vídeos.

Mas não é um espaço qualquer, porque tem um objetivo definido: uma ação conjunta para BRIGAR CONTRA ESSA CORRUPÇÃO ASQUEROSA E INSUPORTÁVEL.

Se visitar o blog
http://bravagentebrasileira.ning.com/ vai perceber o início de uma reação.

Sozinhos sempre vamos reclamar sem conseguir coisa alguma, mas juntos teremos força. Precisamos de muita gente e muitas idéias. É só se cadastrar e participar ou, pelo menos, divulgar.

Contamos com você, Ju

Ana Maria disse...

Ju,
Obrigada pela dica, mas eu já estou participando e divulgando.
Beijo,
Ana Maria

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails