"Deus me respeita quando eu trabalho. Mas me ama quando eu canto."

sexta-feira, dezembro 31, 2010

FAMÍLIA É PRATO DIFÍCIL DE SE PREPARAR

FAMILIA

Família é prato difícil de preparar. São muitos ingredientes. Reunir todos é um problema, principalmente no Natal e no Ano Novo. Pouco importa a qualidade da panela, fazer uma família exige coragem, devoção e paciência. Não é para qualquer um. Os truques, os segredos, o imprevisível. Às vezes, dá até vontade de desistir. Preferimos o desconforto do estômago vazio. Vêm a preguiça, a conhecida falta de imaginação sobre o que se vai comer e aquele fastio. Mas a vida, (azeitona verde no palito) sempre arruma um jeito de nos entusiasmar e abrir o apetite. O tempo põe a mesa, determina o número de cadeiras e os lugares. Súbito, feito milagre, a família está servida. Fulana sai a mais inteligente de todas. Beltrano veio no ponto, é o mais brincalhão e comunicativo, unanimidade. Sicrano, quem diria? Solou, endureceu, murchou antes do tempo. Este é o mais gordo, generoso, farto, abundante. Aquele o que surpreendeu e foi morar longe. Ela, a mais apaixonada. A outra, a mais consistente.

E você? É, você mesmo, que me lê os pensamentos e veio aqui me fazer companhia. Como saiu no álbum de retratos? O mais prático e objetivo? A mais sentimental? A mais prestativa? O que nunca quis nada com o trabalho? Seja quem for, não fique aí reclamando do gênero e do grau comparativo. Reúna essas tantas afinidades e antipatias que fazem parte da sua vida. Não há pressa. Eu espero. Já estão aí? Todas? Ótimo. Agora, ponha o avental, pegue a tábua, a faca mais afiada e tome alguns cuidados. Logo, logo, você também estará cheirando a alho e cebola. Não se envergonhe de chorar. Família é prato que emociona. E a gente chora mesmo. De alegria, de raiva ou de tristeza.

Primeiro cuidado: temperos exóticos alteram o sabor do parentesco. Mas, se misturadas com delicadeza, estas especiarias, que quase sempre vêm da África e do Oriente e nos parecem estranhas ao paladar tornam a família muito mais colorida, interessante e saborosa.Atenção também com os pesos e as medidas. Uma pitada a mais disso ou daquilo e, pronto, é um verdadeiro desastre. Família é prato extremamente sensível. Tudo tem de ser muito bem pesado, muito bem medido. Outra coisa: é preciso ter boa mão, ser profissional. Principalmente na hora que se decide meter a colher. Saber meter a colher é verdadeira arte. Uma grande amiga minha desandou a receita de toda a família, só porque meteu a colher na hora errada.

O pior é que ainda tem gente que acredita na receita da família perfeita. Bobagem. Tudo ilusão. Não existe Família à Oswaldo Aranha; Família à Rossini; Família à Belle Meunière; Família ao Molho Pardo, em que o sangue é fundamental para o preparo da iguaria. Família é afinidade, é “à Moda da Casa”. E cada casa gosta de preparar a família a seu jeito.

Há famílias doces. Outras, meio amargas. Outras apimentadíssimas. Há também as que não têm gosto de nada, seriam assim um tipo de Família Dieta, que você suporta só para manter a linha. Seja como for, família é prato que deve ser servido sempre quente, quentíssimo. Uma família fria é insuportável, impossível de se engolir.

Enfim, receita de família não se copia, se inventa. A gente vai aprendendo aos poucos, improvisando e transmitindo o que sabe no dia a dia. A gente cata um registro ali, de alguém que sabe e conta, e outro aqui, que ficou no pedaço de papel. Muita coisa se perde na lembrança. Principalmente na cabeça de um velho já meio caduco como eu. O que este veterano cozinheiro pode dizer é que, por mais sem graça, por pior que seja o paladar, família é prato que você tem que experimentar e comer. Se puder saborear, saboreie. Não ligue para etiquetas. Passe o pão naquele molhinho que ficou na porcelana, na louça, no alumínio ou no barro. Aproveite ao máximo. Família é prato que, quando se acaba, nunca mais se repete.

Texto extraído do livro "O Arroz de Palma", de Francisco Azevedo",

sexta-feira, agosto 20, 2010

Nunca o amei, mas lamento sua ida

...sua passagem deste mundo para (?), onde não sei.

Tão jovem o conheci, tão jovem, ainda, se vai...Deixa ao mundo quatro filhas, (duas, minhas também) e dois netos (um, meu também).

No momento não entendo muito bem o porque lamento tanto sua morte – há muito morreu nossa convivência e não mais mantínhamos contato. Sabia de sua vida por minha filhas, claro, muito pouco, e pouco prestava atenção ao que diziam informando estado e reações, mas ao saber de seu falecimento, me vieram tantas e tantas lembranças – talvez por ter sido uma morte tão repentina e tão estabanada quanto ele mesmo o foi enquanto convivi com ele; talvez porque me lembre de que eu tinha dezessete anos quando o conheci e ele se postou em minha frente como que saído do nada...talvez porque sempre tenha tido medo da perda definitiva que a morte garante, mesmo que de alguém que há muito não fazia parte de “minha vida”!

Lamento as coisas que ele não verá mais, como o casamento de filhas, crescimento dos netos (o mais velho está por fazer dois anos em poucos dias, o mais novo em menos de dois meses)...Não estava, como eu, doente, apenas um homem que precisava manter seus “créditos” em dia.

batizadoLuca_11

Estranhamente sinto um enorme pesar por sua ida!

Minhas crenças, nos últimos 13, 14 meses, foram muito abaladas, principalmente em uma vida futura, em uma outra esfera, em um outro plano...para mim, em verdade, eu preferiria que, de fato, nada mais houvesse, porque já me bastou tudo isso do aqui, mas se assim não for, se houver um outro plano, uma outra vida, eu espero que ele seja bem recebido e mesmo não o tendo amado, eu espero que onde quer que esteja, ele fique bem, embora longe daqueles que amou. Que os bons espíritos o acolham.

Um maravilhoso amigo me postou, hoje, no Orkut, esse texto de Fernando Pessoa.

“Nada fica de nada. Nada somos.
Um pouco ao sol e ao ar nos atrasamos
Da irrespirável treva que nos pese
Da humilde terra imposta,
Cadáveres adiados que procriam.”

Oswaldo, que você encontre e esteja em paz!

terça-feira, agosto 17, 2010

Sou

"Não importa o quanto vulnerável eu esteja, não importa o quanto machucada esteja. Já não necessito de um escudo forte.
Porque me dei conta de que ser eu mesma me protege mais fortemente de que qualquer coisa.
Não culpo ninguém por ser quem eu sou, não há outra razão por que sou quem sou....
Só sou o resultado da minha forma de sentir."
(encontrado na internet)

bobr lilás

domingo, junho 27, 2010

Boa notícia!

Drica Moraes passa bem após transplante de medula em SP

Atriz passou por procedimento na manhã desta quarta-feira (23) em SP.
Ela estava internada desde dia 14 esperando transplante de medula óssea.

Do G1, em São Paulo

Atriz Drica Moraes, na apresentação da série 'Decamerão', em  2009

Atriz Drica Moraes, na apresentação de 'Decamerão',
em 2009 (Foto: André Luiz Mello / TV Globo)

A atriz Drica Moraes está bem após passar por um transplante de medula em São Paulo na manhã desta quarta-feira (23).

Segundo comunicado enviado à imprensa pelo Hospital Albert Einstein, "o procedimento foi realizado por volta das 11h30 e não teve nenhuma intercorrência. A paciente está ótima e permanecerá internada para monitoramento da reconstituição da medula óssea (“pega” do transplante)".

A atriz estava internada desde o dia 14. O transplante foi comandado pelo hematologista Nelson Hamerschlak.

Drica, que mora no Rio, está com leucemia e se internou algumas vezes em hospitais da cidade para sessões de quimioterapia.

O transplante foi realizado na unidade do Morumbi com doador não aparentado a partir de busca realizada no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome).

Segundo o hospital, o procedimento para o transplante tem três fases. Ele começou no dia 16, com a quimioterapia preparatória. Após a infusão da medula óssea ela ficará internada para o período de monitoramento da avaliação do sucesso do transplante.

20 novembro

quinta-feira, junho 17, 2010

Millôr

Está mais que provado nos outros planetas: os terráqueos são um caso típico de histeria coletiva

quarta-feira, junho 02, 2010

Adoecer...

Não tanto, não muito, apenas assustadoramente!

Passar por experiência assim dói...dói uma dor "large", alguma coisa indescritível para quem passa por ela; algo que não me da o direito de ter "deixado meu blog", mas me deu uma porta com travessa...uma rua.

Quando se é criança, uma adolescente - Médicos não são "Deus" - por favor tirem isso de suas mentes! Creio que as pessoas tenham em mente que o "sr. doutor" as poderá salvar de tudo o quanto for. Mas não é dessa forma que as coisas se processam.

Sem querer tocar nas pessos que hoje em dia mais me machucam e me magoam...médicos, quero falar sobre o adoecer, mas sem macular a qualquer um que seja - há médicos que prestam bom serviço, boa conduta e bons resultados.

Quando em outubro do ano passado me descobri (claro, através de um médico), com Leucemina Mielóide Aguda, eu tve todas as desavenças comigo mesma... Sou um ser humano.

Mas me deram tão pouco tempo para "ter" tudo isso!!! Eu estava em uma quarta-feira e precisei me internar na segunda-feira seguinte..., para a primeira quimioterapia. Eu precisei pensar em tudo, em todos, até mesmo em minha cachorra...pensar em meus amigos - Ahhh! o quanto os abandonei e deixei sem notícias...Pensar o quanto (eu não sabia) esse precesso iria me causar dor...aforante o que haviam me garantido: me faria uma pessoa sem cabelos.

Como viver a vida ameaçada?

Foi difícel entender que ninguém havia me garantido a vida para sempre - eu sou jovem, me sinto jovem.. e?....


Foi muito difícil, neste período, enfrentar os meus medos e a minha decepção com a vida de modo geral - coisas que eu critiquei sempre e sempre, por sempre...sempre o mesmo resultado - nenhum. Foi muito difícil tanta coisa!!!


Agora, neste momento, enquanto aguardo minha última solicitação para me internar, para o último (me disseram) ciclo de quimioterapia, me sinto medrosa, me sinto aviltada, me sinto com raiva dessas pessoas que estão escrevendo suas "carreiras" por sobre minha dor... - isso é um desabafo, não considerem um reclamo, mas me sinto assim, e, embora tudo o quanto "sinto"!


Eu estou bem, eu me sinto bem e me sentirei igual, quando tudo acabar...Não, eu me sentirei melhor ainda!

Agradeço muito aos amigos, amigos queridos...foi muito bom ter vocês!!!

A vida há de me deixar viver para crer que o Brasil é um pais pelo qual valhe lutar.


sábado, março 20, 2010

Essa não dá para deixar passar!

MARISA FASHION
O vestido da Primeira Dama merece uma CPI

por “the passira news”

Alguém precisa investigar quem comete esses atentados contra a mulher do presidente Lula, principalmente nessas ocasiões mais solenes, como aconteceu há poucos dias no jantar que a família real da Jordânia ofereceu ao casal brasileiro
Lady Marisa sucumbe ante a simplicidade majestática da rainha Rania

Toinho de Passira

Como dissemos em outras ocasiões não queremos, com nossos comentários, ridicularizar, nem mesmo debochar de Dona Marisa, pelo contrário, quem a veste dessa maneira é que a está pondo numa situação vexatória.

A primeira Dama é uma pessoa simples, e como tal não está obrigada a conhecer as futilidades do mundo fashion e da alta costura. Dona Marisa já comprovou, muito antes, quando escolheu o companheiro, que bom gosto não é o seu forte.

Até se pode perdoar que nos primeiros eventos ela tenha se atrapalhado e não tenha se apresentado a altura do que se pode exigir da mulher que representa diplomaticamente o Brasil, nesses encontros internacionais, tão exageradamente fartos, nesse governo Lula.

Mas agora depois de sete anos de batente, não se pode perdoar que a própria primeira dama, o marido dela, alguma amiga, alguém do cerimonial do Itamaraty, não possa ter interferido positivamente por as coisas no devido lugar.

Como quase sempre Dona Marisa exagerou. O seu vestido balofo e estratosférico foi posto no pior momento, justamente ao lado de uma das mulheres mais elegantes, bonitas e discreta do mundo, a rainha Rania, esposa do rei da Jordânia, Abdullah II.

Postas lado a lado, de corpo inteiro, a evidencia do mau gosto da nossa primeira dama fica mais gritante. A rainha que sempre coloca em seu blog fotos das mulheres que visitam o seu país, poupou a nossa primeira dama do vexame e "esqueceu" de registrar sua passagem pela Jordânia.

Precisa ser preso, numa cela de segurança máxima, sem direito a cateterismo, estilista, homem ou mulher, que ao ver dona Marisa nesse vestido, tenha exclamado falsamente: “DES-LUM-BRAN-TE!” (Estilistas sempre separam as sílabas quando estão enganando a cliente.)

Não temos dúvidas que esse vestido foi muito caro. Também não temos dúvidas que foi pago com cartão corporativo. Portanto foi com nosso dinheiro que essa coisa “hor-ro-ro-sa “, foi comprado e nos representou naquela noite de gala no Palácio de Amã. Sentimo-nos envergonhados e humilhados pelo vexame que ela passou.

Fonte: the passire news”

Em concordância, acrescento: Eita povo que gosta de "tirar uma onda" com esse casal! Se há gente que abriga cobras e as cria, é a família "Luis Inácio da Silva"!

Só se pode achar que - dona Marisa, A Inútil, matém em seu palácio bons inimigos, que restam por detrás dela a gargalharem, e, Marisa, "A Inocente inútil" é tão simples, mas tão "simples" que nem se dá conta das peripécias de suas(seus) inimiga(o)s.

Mas ai eu pergunto: e precisam? Preocupações tolas e "fúteis" não frequentam nem a massa encefálica do marido e muito menos de sua digna primeira dama! Estão de "malas prontas e muito bem feitas"! Haverão de viver o que lhes resta de vida, como o "povão", que eles adoram mencionar, diz: "numa boa"!

O mal que um fez ao país e o "nada" que a outra prestou para a Nação...eles nem tem consciência disso! Muito menos ela, porque, do contrário, haveria de ter aprendido ao menos o mínimo - vestir-se corretamente.

E vamos combinar: a mulher tem mais sorte do que dá a parecer! Talvez porque já conhecesse a "lenda D. Marisa do Brasil", a rainha vestiu-se tão simplesinha, mas tão simplesinha, que eu até compreendo que ela não tenha publicado em seu blog o "favor" que fez para a "primeira dama do Brasil"

Sinceramente? Marisa mais se parece a um abajur que se ganha de uma tia já idosa...Aquela coisa que você se pergunta: "Onde isso cabe, onde posso colocar isso?" Sinceramente? Gargalhei com o modelito!!


segunda-feira, março 08, 2010

“Tenho todos os defeitos de uma mulher perfeita”

dia da mulher

Dia Internacional da Mulher
Lucia Helena dos Santos

As flores irradiam a glória e a beleza de Deus-Mãe, pois ela

caminha sobre a Terra em cada mulher.

Mulher!

Todos os grandes senhores te reverenciam no dia de hoje,

pois eles nasceram do teu ventre.

Mulher!

Além de todos os poderes cósmicos, levas dentro de ti a

semente sagrada que provê a vida.

Tu és o mais belo pensamento de Deus.

Teu coração é manancial de sabedoria.

De teu íntimo brota a força amorosa que nutre, regenera

e ressuscita.

Homem!

Neste dia internacional da mulher, lembra-te que podes

divinizar-te pela admiração da mulher.

Estás aflito?

Recorre à mulher. Ela é o consolo dos aflitos.

Estás enfermo?

O toque da mulher é curativo.

Queres descobrir os mistérios da Divindade?

Busca compreender o coração da mulher.
Porque quem não reverencia a mulher, fecha as portas à

graça e à beleza.

Mulher!

Ao olhar-te no espelho, reconhece ali a Mãe Divina!

Mira-te nela!

Encarna com dignidade os dons femininos de amor, fidelidade, pureza, sensibilidade, compreensão, delicadeza, generosidade, doçura, abnegação, serenidade e o dom de tudo embelezar.

Mulher!

Não te deixes corromper pela futilidade e mediocridade

do mundo.

Aumenta ainda mais tua força, apreendendo as virtudes dos

homens, mas nunca os vícios.

A regeneração do mundo depende de ti, pois tens o poder

de moldar o caráter de um ser, desde o teu ventre e por

toda a sua vida.

Podes transformar teu lar num templo da

Divina Missão de Amor.

Quando defendes tua dignidade, defendes a dignidade de

cada ser humano .

Mulher!

Rejeita qualquer pensamento ou sentimento de rivalidade,

pois isto destrói a unidade das mulheres.

Caminha graciosamente, olhando sempre com admiração o teu eterno companheiro, o homem.

Mulher!

Neste Dia Internacional da Mulher, dedicado a ti, todos te proclamam como a Senhora da criação e da beleza e admiram

a dádiva que é ser mulher!

Art e Formatação by Mirna Alonso

quarta-feira, março 03, 2010

...televisão

Big Brother Brasil, um programa imbecil

92 milhões: Big Bando de Bobos

Regina Azevedo

Realmente, como fenômeno de comunicação de massa, não há como negar a penetração do programa BBB na vida de milhões de brasileiros.

Penetração. Considero esta a palavra mais adequada. Não somos nós que invadimos a casa, eles é que invadem a nossa, esfregando seus corpos, caras e bocas nas nossas telinhas. A maioria das vezes aos berros, mostrando toda sorte (ou azar?) de grosserias e falta de educação.

Estupro intelectual? Nada disso: penetração consensual, à medida que escolhemos qual botão apertar para trazer um pouco de "realidade" para dentro de nossas vidas, num escapismo aos nossos problemas tão duramente reais... É certo que o show de horrores não pode ser de todo previsto, pois ali impera o obsceno, aquilo que foge à cena e nos vai sendo atirado na cara. Então nos dizemos aviltados, escandalizados com tanta baixaria.

Marshall McLuhan afirmava ser o meio a própria mensagem; acredito nele, pois basta a televisão estar ali, mesmo desligada, para comunicar muita coisa. Desde os anos 80, pessoas "chiques" passaram a descartá-la da sala de estar, pois julgavam ser aquele um recinto de convívio, de sociabilização, não havendo lugar para o até então moderno aparelho.

Já Nelson Rodrigues dizia que "dinheiro compra tudo, até amor verdadeiro". A contar por edições anteriores, amor de Big Brother é como romance de férias no litoral: não sobe a serra, não prospera, principalmente se um dos efêmeros pares que ali se formam se tornar o vencedor da contenda. No jogo impera a lógica do "eu se fiz sozinho" (sic): embora a grana seja muita, por que dividi-la com seu "amor"?

A velha fórmula de manipulação da Roma Antiga, pão e circo, continua funcionando muito bem em tempos de TV digital. A considerar os altíssimos índices de votação, é disso que o povo gosta. Dados sobre o faturamento da arrecadação via torpedos não são revelados; mas se o prêmio aumentou 50% da última edição para a atual, mesmo sem ser economista, é possível imaginar o elevado número de zeros que compõem a cifra.

Uma expressão popular do fenômeno pode ser vista no blog A Voz do Cordel, de Antonio Carlos de Oliveira Barreto. Um banho retórico no discursinho poético-patético de Pedro Bial, vale a leitura.

Então é isso, continue dando aquela espiadinha. E, se possível, votando. Depois de dois meses, findo o programa, de qualquer jeito você vai ter que voltar para sua própria vidinha e enfrentar a dura realidade. Talvez um pouco mais pobre, no bolso e na mente...

20 novembro

Regina Azevedo Regina Azevedo é jornalista e Mestre em Ciências da Comunicação pela ECA-USP, escritora, editora da OP Livros, professora nas áreas de Comunicação Interpessoal e Empresarial e Motivação junto ao PECE - Programa de Educação Continuada em Engenharia da POLI-USP e doutoranda na área de Psicologia Organizacional no IP-USP.

Fonte: prazeremconhecerse

segunda-feira, março 01, 2010

Hoje o Rio de Janeiro faz 445 anos!


Parabéns!!!


Porque amo o meu amor

E porque o amo e eu gosto dele e ele me leva a caminhos multiplos...
excitantes, venturosos, mágicos!

Ao meu amor, meu tudo sempre,
como o desejei, como o sonhei e como me foi inspirado.

Ao meu amor tudo o quanto tanto desejei e,
o quanto foi desejado...

Seu amor, ao meu amor, sempre tudo e tanto...
mais, muito mais do que muito

Ao meu amor basta o sempre.

*




quarta-feira, fevereiro 24, 2010

Auto-ajuda


E a quadrilha vai avante!

Veja a lista dos mensaleiros que irão comandar a campanha da Dilma à presidência

Estes são os réus petistas da quadrilha dos 40 - no Supremo Tribunal Federal, no caso do Mensalão do Lula: José Dirceu (ex-ministro da Casa Civil) - corrupção ativa e formação de quadrilha; José Genoino (ex-presidente do PT) - corrupção ativa e formação de quadrilha; Delúbio Soares (ex-tesoureiro do PT) - corrupção ativa e formação de quadrilha; Silvio Pereira (ex-secretário geral do PT) - formação de quadrilha; João Paulo Cunha (deputado federal pelo PT-SP) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato; Luiz Gushiken (ex-ministro) peculato; Paulo Rocha (deputado federal PT-PA) - lavagem de dinheiro; Anita Leocádia (assessora parlamentar) - lavagem de dinheiro; João Magno (ex-deputado federal PT-MG) - lavagem de dinheiro; Professor Luizinho (ex-deputado federal PT-SP) - lavagem de dinheiro; Henrique Pizzolato (ex-diretor do BB) - peculato (2x), corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

No dia 28 de agosto de 2007, o Supremo concluiu o julgamento da denúncia da Procuradoria- Geral da República contra os 40 envolvidos com o escândalo do mensalão o esquema que financiava parlamentares do PT e da base aliada em troca de apoio político. A denúncia foi oferecida pelo então procurador-geral da República Antonio Fernando de Souza. O procurador descreveu os réus como “uma quadrilha”.

O processo só não andou desde o ano passado, porque uma importante testemunha está se recusando a responder às inquirições do STF. Essa testemunha é Lula que, assim, está obstruindo a Justiça. Ao contrário de Lula, que, além de passar a mão na cabeça dos mensaleiros do PT, os coloca no comando da campanha de sua candidata, Dilma Rousseff, os Democratas põem para fora do partido todos os envolvidos no escândalo. Essa é a diferença entre o PT e os Democratas.

Lula chega ao cúmulo de obstruir a Justiça no julgamento do Mensalão dele no Supremo, não respondendo às perguntas que lhe foram dirigidas pelo Tribunal há mais de três meses. A sociedade deve estar atenta e cobrar que a Justiça se faça também em relação ao Mensalão do Lula.

lulamensalao Fonte: censurado

quinta-feira, fevereiro 18, 2010

Nunca


Nunca é a hora, nunca é o dia, nunca o lugar...


Quando será que será o dia, a hora, o lugar?


sábado, fevereiro 13, 2010

Ela também

Drica Moraes inicia quimioterapia contra leucemia

drica moraess A atriz Drica Moraes, de 40 anos, iniciou as sessões de quimioterapia para eliminar a leucemia, diagnosticada na sexta-feira (12). De acordo com Fernanda Ribas, empresária da atriz, ela responde bem ao tratamento, mas ainda segue internada no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio.

Após sentir um mal-estar, a atriz foi internada na noite de quarta-feira (10).

Ainda não há previsão de alta para Drica Moraes. Segundo Fernanda, Drica não pode receber visitas por ordens médicas, devido à sua baixa imunidade.

Campanha por doação de sangue

Amigos de Drica criaram no Twitter uma campanha de doação de sangue para a atriz. Várias personalidades, entre elas Walcyr Carrasco, Pedro Neschling e Ivete Sangalo, escreveram no microblog: "Doem sangue para a atriz DRICA MORAES (Adriana Moraes Rego Schmidt) no Gávea Medical Center! É na Lagoa Barra, sangue B ou O"

A família da atriz agradeceu o empenho dos colegas, mas fez um alerta sobre a necessidade de um controle nas doações de sangue direcionadas a Drica.

"Muita gente já compareceu para doar sangue, mas não adianta todo mundo doar ao mesmo tempo, já que o sangue só dura quatro dias. Em virtude disso, a família e os amigos mais próximos vão reorganizar esse esquema de doação", disse a empresária da atriz, Fernanda Ribas.

Participação em novelas

Atualmente no ar no papel de Olívia, de "Alma Gêmea", da TV Globo, Drica Moraes também atuou em outras novelas como "Top Model", "Chocolate com Pimenta", "O Cravo e a Rosa", "Era uma Vez" e "Pé na Jaca". No cinema, um dos seus últimos trabalhos foi em “Os Normais 2”, de 2009, do cineasta José Alvarenga Jr.

Fonte: G1

Que ela possa sair vitoriosa dessa luta!

domingo, fevereiro 07, 2010

MPB

Para os amantes da MPB esta foto é realmente fantástica !

clique sobre a foto para ampliar

Pensamento divulgado em 1931

"É impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem os ricos pela prosperidade.
Por cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber.
O governo não pode dar para alguém aquilo que não tira de outro alguém.
Quando metade da população entende a idéia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação.
É impossível multiplicar riqueza dividindo-a."

Adrian Rogers, 1931

terça-feira, janeiro 26, 2010

Para a perpetuação no poder…"tudo".

2010: Cristais quebrados

por Carlos Vereza

carlos-vereza Não é necessário ser profeta para revelar antecipadamente o que será o ano eleitoral de 2010.
Ou existe alguém com tamanha ingenuidade para acreditar que o “fascismo galopante” que aparelhou o estado brasileiro, vá, pacificamente, entregar a um outro presidente, que não seja do esquema lulista, os cargos, as benesses, os fundos de pensão, o nepotismo, enfim, a mais deslavada corrupção jamais vista no Brasil?

Lula, já declarou, que (sic) “2010 vai pegar fogo!”. Entenda-se por mais esta delicadeza gramatical, golpes abaixo da cintura: Dossiês falsos, PCC “em rebelião”, MST convulsionando o país… Que a lei de Godwin me perdoe - mas assistiremos em versão tupiniquim, a Kristallnacht, A Noite dos Cristais que marcou em 1938 o trágico início do nazismo na Alemanha.

E os “judeus” serão todos os democratas, os meios de comunicação não cooptados (verificar mais uma tentativa de cercear a liberdade de expressão no país: em texto aprovado pelo diretório nacional do PT, é proposto o controle público dos meios de comunicação e mecanismos de sanção à imprensa). Tudo isso para a perpetuação no poder de um partido que traiu um discurso de ética e moralidade ao longo de mais de 25 anos e, gradativamente, impõe ao país um assustador viés autoritário. Não se surpreendam: Há todo um lobby nacional e internacional visando a manutenção de Lula no poder.

Prêmios, como por exemplo, o Chatham House, em Londres, que contou com “patrocínios” de estatais como Petrobras, BNDES e Banco do Brasil, sem, até agora, uma explicação convincente por parte dos “patrocinadores”; matérias em revistas estrangeiras, enaltecendo o “mantenedor da estabilidade na América Latina”. Ou seja: a montagem virtual de um grande estadista…
Na verdade, Lula, é o übermensch dos especuladores que lucram como “nunca na história deste país”.

Sendo assim, quem, em perfeito juízo, pode supor que este ególatra passará, democraticamente, a faixa presidencial para, por exemplo, José Serra, ou mesmo Aécio Neves?

Pelo que já vimos de “inaugurações” de obras que sequer foram iniciadas, de desrespeito às leis eleitorais, do boicote às CPIs, como o da Petrobras, do MST e tantos outros “deslizes”, temos o suficiente para imaginar o que será a “disputa” eleitoral em 2010.
Confiram.

Fonte: e-mail

segunda-feira, janeiro 25, 2010

São Paulo, hoje é seu aniversário!

sp postal

São Paulo, município brasileiro, capital do estado de São Paulo e principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América Latina. Maior cidade do Brasil, das Américas e de todo o hemisfério Sul, São Paulo é a cidade brasileira mais influente no cenário global, sendo considerada a 14ª cidade mais globalizada do planeta, recebendo o status de cidade global alfa -, por parte do Globalization and World Cities Study Group & Network (GaWC).

A cidade é mundialmente conhecida e exerce significativa influência nacional e internacional, seja do ponto de vista cultural, econômico ou político. Conta com importantes monumentos, parques e museus, como o Memorial da América Latina, o Museu da Língua Portuguesa, o MASP, o Parque Ibirapuera, o Jardim Botânico de São Paulo e a avenida Paulista, e eventos de grande repercussão, como a Bienal Internacional de Arte, o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 e o São Paulo Fashion Week.

Décima cidade mais rica do mundo, o município representa, isoladamente, 12,26% de todo o PIB brasileiro e 36% de toda a produção de bens e serviços do estado de São Paulo, sendo sede de 63% das multinacionais estabelecidas no Brasil, além de ser responsável por 28% de toda a produção científica nacional – segundo dados de 2009.

O lema da cidade, presente em seu brasão oficial, é constituído pela frase em latim "Non ducor, duco", cujo significado em português é "Não sou conduzido, conduzo".

São Paulo é a sexta maior cidade do planeta e sua região metropolitana, com 19.223.897 habitantes, é a sexta maior aglomeração urbana do mundo. Regiões muito próximas a São Paulo são também regiões metropolitanas do estado, como Campinas e Baixada Santista; outras cidades próximas compreendem aglomerações urbanas em processo de conurbação, como São José dos Campos, Sorocaba e Jundiaí. A população total dessas áreas somada à da capital – o chamado Complexo Metropolitano Estendido – ultrapassa 29 milhões de habitantes, aproximadamente 75% da população do estado inteiro. As regiões metropolitanas de Campinas e de São Paulo já formam a primeira macrometrópole do hemisfério sul, unindo 65 municípios que juntos abrigam 12% da população brasileira.

Fonte: contextopolitico

Longe de ser uma cidade ideal, São Paulo detém falhas, necessidades muitas, mas hoje é seu aniversário, dia de felicitar a minha, a sua, a nossa grande cidade!

parabéns color

domingo, janeiro 24, 2010

Hoje eu queria…

Abraço..abraço


Flor de Luto


Silvia Schmidt



Eu só te peço: fica mais um pouco,
Prá que eu consiga me encaixar no adeus
- tão decidido já nos olhos teus -
Que eu vi tão certo no teu pranto rouco.


Eu só te peço: não te vás agora.
Espera um pouco, eu quero organizar
Todas as coisas fora de lugar,
Fora de mim, fora de ti e de hora.


Espera um pouco e deixa que este drama
Consiga ser a flor que vem da lama
Neste momento que nos põe tão sós.


Fecha essa porta. Espera só um minuto.
Deixa que eu regue aquela flor de luto
Que exibe a morte do que fomos nós.
.

sexta-feira, janeiro 15, 2010

Por quê será?...


Por quê em "indisponível"?

Liguei para o suporte ao assinante e descobri que é "assim mesmo", o capítulo do mesmo dia só estará acessível ao assinante no dia seguinte. Em sendo assim, qualquer pessoa poderá ter acesso ao "merchã" que foi feito no capítulo de ontem (vide post abaixo) sobre o filme de Luis Inácio, "o filho de todos nós".

Em se tratando da novela em questão, tenho observado seus "merchandising" - (não sei como colocar isso no plural) e os referidos tem sido lastimáveis! Houve um da "Natura" que ocupou quase todo um bloco da novela, mau interpretado, mau inserido - a empresa não repetiu o investimento.

Na falta de melhores opções houve outros com empresas (certamente cariocas) de jardinagem e decoração com visibilidade para seus carros de trabalho e seus proprietários em cena. Na mesma epóca, ainda nov/dez/2009 a volúpia por dinheiro foi tanta, que diante da falta de investidores de mais peso, como instituições bancárias, colocaram no Hospital da novela o nome de uma "Nossa Senhora X", de novena que corria "vendida" pela Internet desde 2008 - eu pensei que aquilo houvera sido o máximo da pequenez, mas na semana passada fui surpreendida por algo ainda mais tosco, senão cruel!

Deixo claro que esta é a minha opinião, até porque vivo um momento em que sei e percebi isso, porque os elementos que mencionarei abaixo, tem feito parte de minha vida nos últimos quatro meses.

E o "merchã" foi assim:

Estando em cena uma das médicas com sua paciente portadora de cancer, a médica explica ao marido da paciente porque sua esposa ficará internada e como ela, médica, fará para reverter a situação de baixa imunidade na qual se encontra a "esposa-paciente". Estaria tudo certo e tudo bem para o bom telespectador, se a médica não tivesse mencionado, e com ênfase, e com todas as letras, o nome do medicamento que ia aplicar à paciente e que a tiraria - quase que de imediato da situação em que se encontrava - é positivamente um
"merchandising" em favor do laboratório Roche, produtor do medicamento mencionado na cena e que custa próximo de 5 salários mínimos a aplicação, cuja liberação para um paciente no estado em que estava a paciente da novela, o governo requer além de inúmeros documentos e relatórios médicos, uma semana de prazo para a liberação - ...se houver disponibilidade!

Por quê decantar os benefícios de um medicamento que não está ao alcance de qualquer paciente que o necessite? O medicamento é tão "caro" que nem os nossos "planos de saúde" nos facilitam o acesso! Eu passei por essa experiência ainda em dez.2009!

Fazer
"merchandising" do filme de Luis Inácio, o nordestino coitadinho, que venceu em São Paulo e tornou-se o nosso "feitor" é bobaginha para uma Rede de Televisão que aceita dinheiro seja de quem for, para o que for, sem qualquer ética ou seleção eletiva.

Aos seus "funcionários" a Rede Globo impõe, como se pode observar no vídeo abaixo, e eu duvido que se a atriz se recusasse, não fosse penalizada! Não seria um caso de "direitos humanos"!? Que "LIS" tome providências contra a sua "divulgadora"!

Ana Maria

quinta-feira, janeiro 14, 2010

Rede Globo em “indisponível”!

viver_a_vidaFonte: Coturno Noturno

“Acaba de sair um merchã do filme do Lula na novela das 20 horas, da Rede Globo. Cada ação custa no mínimo R$ 500 mil. Será que agora vai? Vai para quem? Quem paga? É BV da Petrobras ou do BB? Este país virou uma PuTaria!

Se ainda existe oposição no Brasil, deve entrar com uma ação para saber quem pagou e quanto custou o merchandising do filme do Lula na novela das 20 horas da Rede Globo. Ou vão ficar com medo da Globo?”

*

Ao tentar acessar o capítulo na íntegra para rever a cena sobre o merchandising, deparei com a seguinte informação: “Conteúdo indisponível” Este vídeo não pertence mais ao catálogo do Globovídeos”

O acesso não é permitido nem para assinantes, que como eu, pagam mensalmente para assistir a qualquer hora, a qualquer dos programas que a Rede transmite, excluso BBB.

Por quê será!?

VV

Castelo de Areia


Num dia de verão, estava na praia, observando duas crianças brincando na areia.
Elas trabalhavam muito, construindo um castelo de areia, com torres, passarelas e passagens internas.
Quando estavam quase acabando, veio uma onda e destruiu tudo, reduzindo o castelo a um monte de areia e espuma.
Achei que as crianças cairiam no choro, depois de tanto esforço e cuidado, mas tive uma surpresa.
Em vez de chorar, correram para a praia, fugindo da água,
Sorrindo, de mãos dadas e começaram a construir outro castelo...
Compreendi que havia recebido uma importante lição:
Gastamos muito tempo de nossas vidas construindo alguma coisa.
E mais cedo ou mais tarde, uma onda poderá vir e destruir o que levamos tanto tempo para construir.
Mas quando isso acontecer, somente aquele que tem as mãos de alguém para segurar, será capaz de Sorrir!!!
Tudo é feito de areia;
Só o que permanece é o nosso relacionamento com as outras pessoas.
.

Recorde

Migração de 70 mil km entre pólos

por Susana Salvador

PORTUGAL  BERLENGA Nos seus 34 anos de vida, a pequena gaivina do Árctico faz o equivalente a três viagens de ida e volta à Lua.

Mede entre 33 e 38 centímetros de comprimento e pesa pouco mais de cem gramas, mas é a campeã das migrações. Todos os anos, a gaivina do Árctico (ou andorinha-do-mar-árctica) faz uma viagem de 70 mil km entre o Pólo Norte , o local de nidificação, e o Pólo Sul. Na sua rota, sempre à procura do Verão, esta ave faz o equivalente a três viagens de ida e volta à Lua (cerca de dois milhões de km) durante os seus 34 anos de vida.

A longa aventura de norte a sul da Sterna paradisaea foi detalhada graças à monitorização de 11 espécimes, apetrechados com um dispositivo mais pequeno que um fósforo (ver caixa). Os resultados foram publicados ontem na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences.

A viagem começa em Agosto ou Setembro, com a gaivina do Árctico a deixar a Gronelândia para chegar ao mar de Weddel, na costa da Antárctida. Aí passa entre quatro e cinco meses, antes de regressar novamente ao Norte, chegando a casa em Maio ou Junho.

O estudo permitiu descobrir que o caminho não é directo. Começam por fazer uma longa paragem no meio do Atlântico Norte, a mil quilómetros dos Açores. Aí alimentam-se de zooplâncton e peixe, ganhando forças para o resto da viagem. Seguem depois pela costa europeia e africana até Cabo Verde, onde podem optar por dois caminhos: continuar junto a África ou atravessar o Atlântico e fazer depois a costa brasileira. Os cientistas acreditam que o vento pode desempenhar um papel importante nesta escolha. A viagem para Sul é de 34 600 km e as aves fazem 330 km por dia. O regresso é mais rápido (25 700 km, 520 km por dia), apesar de as gaivinas do Árctico não seguirem o caminho mais rápido. Optam antes por fazer um grande "S" pelo meio do oceano, aproveitando os ventos favoráveis.

"É um feito impressionante para uma ave que pesa pouco mais de cem gramas", disse Carsten Egebang, do Instituto de Recursos Naturais da Gronelândia, o principal autor do estudo que conta ainda com cientistas da Dinamarca, dos EUA, do Reino Unido e da Islândia. "A nossa análise mostra que o comportamento das aves está directamente relacionado com parâmetros biológicos e físicos", indicou, lembrando que a "pausa" no Atlântico Norte é feita em áreas altamente produtivas. Um pouco mais a sul e não haveria comida suficiente.

Fonte: DN Ciência

quarta-feira, janeiro 13, 2010

Jornal espanhol El País elege Lula como um dos 5 maiores hipócritas de 2009

Cinco hipócritas de 2009

MOISÉS NAÍM

Repasar algunas de las más flagrantes hipocresías de los poderosos del mundo es aleccionador. Revela tendencias globales, las contradicciones de moda y las vulnerabilidades de las élites. Es por esto por lo que decidí ofrecerles mi muy personal y subjetiva lista de algunos de los grandes hipócritas de 2009.

1. Los banqueros. En todas las reuniones de banqueros se respira un aire de profunda admiración al mercado y desprecio al Estado. En 2009 los mismos banqueros que tanto desdén suelen mostrar por Gobiernos y funcionarios públicos corrieron a buscar su cobijo. Y el Estado los salvó. A pesar de esto los banqueros aún no aprenden. Su convicción de que los Gobiernos no pueden hacer nada bien es tal que tampoco imaginaron que, gracias a la eficaz respuesta de muchos Gobiernos, la catástrofe duraría menos y no tendría las consecuencias que ellos anticipaban. Quizás por esto ya están de nuevo cantando loas a la eficiencia de los mercados y criticando a los Gobiernos que los rescataron.

2. Tony Blair. Recientemente, el ex primer ministro británico reiteró su profunda repulsión por los dictadores. Explicó que aunque Sadam Husein no hubiese tenido armas de destrucción masiva se justificaba la guerra ya que era una dictadura inaceptable que debía ser derrocada. Esto ocurrió pocos días después de que Blair se reuniera en Azerbaiyán con su dictador Ilham Aliyev. En su visita a Azerbaiyán el líder británico no hizo ningún comentario sobre las reiteradas violaciones a los derechos humanos atribuidas a su cordial anfitrión. Es que, como informa Josh Keating, el propósito de su viaje era otro: dar un bien remunerado discurso en la empresa del empresario más rico del país (sorpresa: el empresario es un buen amigo del dictador).

3. Los galanes del Partido Republicano estadounidense. "Adoro tu bronceada piel, las curvas de tus caderas y la belleza erótica de tu porte...". Esto escribió Mark Sanford a "su mejor amiga" en Argentina. La razón por la cual la correspondencia íntima del señor Sanford terminó en la prensa no es por su calidad literaria, sino porque es el muy conservador y muy casado gobernador de Carolina del Sur. Sus estridentes denuncias contra la "inaceptable conducta de Bill Clinton" aún retumban en el Congreso estadounidense. Al igual que las del senador John Ensign, quien vivió un tórrido romance con la esposa de su jefe de gabinete. No pasa un mes sin que estalle un escándalo sexual que involucre a poderosos paladines de la moralidad, la familia y el matrimonio, quienes regularmente truenan en televisión contra infieles, promiscuos y homosexuales. Y no son sólo los galanes, también están las divas. Sarah Palin proclama la abstinencia sexual como única manera de evitar el embarazo de las adolescentes, mientras que en su propia casa la abstinencia brilla por su ausencia. Lo que galanes y divas hagan con su vida privada no importa. Importa que sus votos, sus decisiones y sus discursos crean un ambiente para todos los demás que es absolutamente contradictorio con su conducta.

4. Los magistrados británicos que dictaron la orden de arresto a Tzipi Livni. La ex ministra de Exteriores de Israel es acusada de crímenes de guerra ocurridos en el conflicto entre Hamás e Israel en Gaza. ¿Qué tiene Tzipi Livni que no tenga, por ejemplo, Vladímir Putin (véase Chechenia)? ¿Y por qué no ordenaron los magistrados el arresto de Angela Merkel, cuyos aviadores militares bombardearon a un grupo de civiles en Afganistán matándolos a todos? ¿Por qué no ordenaron el arresto de Bush, Blair y Obama por los miles de civiles inocentes muertos en Irak y Afganistán? El controvertido informe Goldstone sobre la guerra en Gaza acusó tanto a Israel como a Hamás de crímenes de guerra. ¿Por qué no merecen los líderes de Hamás la misma orden de captura que recibió la ex ministra israelí?

5. Lula da Silva. El presidente de Brasil ha declarado que Hugo Chávez es el mejor presidente de Venezuela en 100 años. Pero nunca hemos oído a Lula decir algo sobre las conductas autoritarias de su amigo venezolano. Sí lo hemos visto, en cambio, atacando furiosamente las recientes elecciones en Honduras. Lo hizo la misma semana que recibió con honores a Mahmud Ahmadineyad, cuya victoria electoral también es cuestionada. ¿Qué tienen las elecciones en Irán que no tuvieron las de Honduras? Un enorme fraude, muertes, torturas y la brutal represión ordenada por el Gobierno de Ahmadineyad. El afable líder brasileño aún no parece haberse enterado.

Obviamente, en esta lista de hipócritas no están todos los que merecerían estar. Faltan muchos. Envíeme sus sugerencias a mnaim@elpais.es. Vuelvo en enero. ¡Feliz año!

Sobre Lula – Tradução Google:

5. Lula da Silva. O presidente do Brasil afirmou que Hugo Chávez é o melhor presidente da Venezuela, em 100 anos. Mas nós nunca ouviu dizer nada sobre Lula comportamento autoritário de seu amigo venezuelano. Sim, nós temos visto, no entanto, furiosamente atacar as recentes eleições em Honduras. Ele fez a mesma semana, ele recebeu com honras, Mahmoud Ahmadinejad, cuja vitória eleitoral também é questionada. O que as eleições no Irã não têm aqueles em Honduras? A fraude em massa, assassinatos, tortura e da brutal repressão ordenada pelo governo de Ahmadinejad. O líder afável brasileira ainda não parece ter ouvido.

Fonte: elpais

Luis Inácio...ele saiu da pobreza, mas a pobreza não sai dele.

"Qual a diferença entre férias e vacation?"

Outra ótima do “the passira news”

Enquanto Lula gozava férias presidenciais, de arrego, num quartel da Marinha na Bahia, Obama curtia uma vacation no Havaí, revendo velhos amigos, curtindo a natureza, jogando golfe, passeando com a família. Lá a imprensa pode fotografar tudo, aqui o pessoal quase ficou preso para registrar esses poucos momentos


Foto: Márcio Fernandes/Agência Estado

FÉRIAS: Lula acompanhado da primeira dama, dona Marisa, procura uma sombra, para comer o galeto na farofa e tomar as cervejas estupidamente geladas escondidas no isopor

Foto: Márcio Fernandes/Agência Estado

FÉRIAS: Livre das atividades rotineiras de viajar para o exterior, o presidente filosofa na praia baiana, coçando a bunda presidencial, um momento histórico

Foto: Reuters

VACATION: Obama recebendo boas vindas dos ilhéus junto com a esposa Michele, ao chegar no Havaí

Fotos: Reuters, Associated Press, Getty Images

VACATION: Existem milhares de fotos do presidente Obama nas suas vacations, no Havaí

Foto: Associated Press

VACATION: Obama como Lula também pegou no pesado, depois de tomar sorvete, levou pessoalmente para casa, os vinhos comprados na delicatessen

Foto:Associated Press
VACATION: Jogou golfe com velhos amigos havaianos

Foto: Getty Images

VACATION: Por fim Obama fez uma coisa que o presidente Lula não faz há sete anos, pagou suas despesas, com o dinheiro do próprio bolso. Será que Obama não tem Cartão Corporativo?

*****

Enquanto os americanos tem todo esse "oba-oba" com Obama, os brasileiros tem "o cara" e a cara no chão!

Sem título

Sem título

Florbela Espanca

Li um dia, não sei onde,
Que em todos os namorados
Uns amam muito, e os outros
Contentam-se em ser amados.

Fico a cismar pensativa
Neste mistério encantado...
Digo pra mim: de nós dois
Quem ama e quem é amado?...

*

segunda-feira, janeiro 11, 2010

DEMOCRACIA AMEAÇADA

O decreto do fim do mundo

Matéria imperdível do “the passira news”

Por que exatamente no ano em que ocorreram as eleições para presidente da república, monta-se um clima artificial de instabilidade política no país. O núcleo guerrilheiro e terrorista do governo Lula, usa o pretexto da criação de uma política de direitos humanos, para tentar dar um golpe de estado por decreto, minando ao mesmo tempo e de uma só vez, a sustentação do estado democrático de direito em diversas fontes.

Agência Brasil

CONSPIRAÇÃO - Os principais responsáveis: Lula, Dilma, Vanucchi e Tarso Genro

Fontes: O Globo, Jornal Nacional, Blog Democratas

Alertados dos danos do tal decreto, denunciado no, no dia 31 de dezembro, na nota postada no Blog Democratas e mais tarde num texto de César Maia, que denunciava ter Dilma estuprado a lei de Anistia, fomos de encontro ao decreto publicado no Diário Oficial da União, onde constava o texto aprovado pelo presidente Lula do “Programa Nacional de Direitos Humanos” e ficamos preocupados com a gravidade da situação, que podia ser gerada pela publicação, até então tratada como uma crise militar.

Postamos nossas conclusões preliminares num texto onde entre outras coisas dizíamos, a respeito do tal decreto, que lendo nas entrelinhas, via-se que o projeto de Paulo Vanucchi e Dilma Rousseff era muito mais danoso que aparentava, e que foi concebido conspiratoriamente, nos subterrâneos da desfaçatez, por não respeitar os acordos com os comandos militares.
Ressaltamos o fato dele ter sido publicado sorrateiramente no fim do anos, para dificultar reações, no instante do recesso parlamentar e judiciário, quando todo mundo está focado nas festas natalinas e concluímos que a dupla havia inventado a “guerrilha burocrática” e que a crise que poderia se estabelecer seria não uma crise militar mas uma crise institucional.

Recebemos e-mails, não em forma de comentários, como é normal num blog, senão teríamos publicado, onde nos taxavam de direitista, torturador e até de blogueiro terrorista de direita, que atacamos o projeto pois tínhamos medo da implantação dos direitos humanos no país.

Nos três dias seguintes, muita gente, inclusive o irretocável Reinaldo Azevedo, comprovou que meu pânico inicial, tinha sido fruto de uma leitura apressada, de fim de ano, o problema era bem maior e bem mais grave do que havíamos descortinado.

Vale muito a pena, ler os textos do Reinaldo de Azevedo se quiser se aprofundar no tema:

01. O suposto decreto ...prega um golpe na justiça e extingue a propriedade privada...
02. Decreto... tenta censurar imprensa e movimentos sociais substituindo o congresso
03. Não se mata a democracia em um dia: o PT sabe que se trata de um processo lento

A questão é muito séria, pois demonstra exatamente a verdadeira índole doentia e deletéria do pessoal que quer continuar no governo brasileiro, dos petistas aboletados no poder há mais de sete anos, e que querem eleger, a todo custo, Dilma Rousseff, presidente do Brasil.

Ontem, numa matéria esclarecedora, o jornalista José Casado denuncia o tamanho da falcatrua que representa o tal decreto, que resolvemos transcrever, em parte.

Detalhe da pagina do "O Globo"
“Sob o pretexto da criação de um programa governamental dos direitos humanos, Lula alinhou uma miríade de promessas para este ano eleitoral: da regulação de hortas comunitárias à revisão na Lei de Anistia; da taxação de grandes fortunas às mudanças nas regras dos planos de saúde; da legalização do casamento homossexual à fiscalização de pesquisas de biotecnologia e nanotecnologia.

O decreto estabelece para os próximos 11 meses a elaboração de pelo menos 27 novas leis. E cria mais de dez mil novas instâncias burocráticas no setor público (entre ouvidorias, observatórios, órgãos “especializados e regionalizados do sistema de justiça, de segurança e de defensoria pública”, “centros de formação”, bancos de dados, comitês e conselhos federais, estaduais e municipais). Em paralelo, programa para este ano eleitoral duas dezenas de campanhas publicitárias nacionais (entre elas, uma sobre “informação às crianças e adolescentes sobre seus direitos” e outra sobre “direito ao voto e participação política de homens e mulheres”).

O plano foi coordenado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, com aval da Casa Civil, e recebeu contribuições de 17 ministérios. Na essência, tem propostas semelhantes às “diretrizes” sancionadas pelo Partido dos Trabalhadores para o programa de governo do então candidato Lula, no início da campanha eleitoral de 2002.

Seis meses depois, o candidato revogou-as com uma informal “Carta aos Brasileiros”, na qual se comprometia, principalmente, a manter o status quo na economia.

Agora, pela primeira vez em três décadas, Lula não será candidato.

Na reta final do seu mandato, o presidente assinou um decreto determinando o engajamento do governo em iniciativas para dar à Presidência da República meios de exercer o poder à margem do Congresso, via “plebiscitos, referendos, leis de iniciativa popular e de veto popular”.

O decreto tem um pouco de tudo e até mesmo propostas de senso comum, como a edição de legislação reprimindo castigos físicos em crianças. Como plano governamental tem, também, todos os ingredientes necessários para apimentar a campanha presidencial.

Quem adotá-lo poderá subir no palanque eleitoral dizendo-se a favor da taxação das grandes fortunas; da revisão da Lei da Anistia; da flexibilização das regras para reintegração de posse de propriedades invadidas; de mudanças no regime de concessão e outorga de licenças para rádios e televisões; da fiscalização de “projetos implementados pelas empresas transnacionais”, e, até da “fiscalização” dos impactos da biotecnologia e da nanotecnologia na vida cotidiana.

Caso seja adotado por um candidato governista, este poderia ter alguma dificuldade em explicar porque nos últimos 84 meses nada disso foi posto em prática. Mas algumas das propostas de ação contidas nesse decreto presidencial podem até acabar emulando uma boa agenda de debate eleitoral.

É o caso da revisão das regras para planos de saúde, da descriminalização do aborto e do direito ao casamento gay, entre outros.

A abrangência do programa de direitos humanos sancionado pelo presidente contrasta com o modesto desempenho dos projetos da área executados pela Secretaria de Direitos Humanos. Em 2009, por exemplo, a secretaria mostrou-se mais ativa em propaganda do que em ações de proteção aos idosos.

De acordo com dados do sistema de contas governamentais, gastou R$ 8,9 milhões em publicidade, ou seja, dez vezes mais do que no Programa Nacional de Acessibilidade, voltado aos idosos e pessoas com deficiência física.

As 73 páginas do decreto, disponível na página da Presidência da República na internet, requerem de qualquer leitor um pouco mais do que o exercício da paciência: o texto árido corre entre autoelogios e construções extremamente tortuosas, como “a valorização da pessoa humana como sujeito central do processo de desenvolvimento, enfrentando o atual quadro de injustiça ambiental”.

Mas sempre “orientado pela transversalidade” — escreveram os autores—, com foco na “intersetorialidade, ação comunitária, intergeracionalidade e diversidade.

Em resumo eles usam temas como o casamento gay, o movimento dos sem terra e dos sem tetos, a taxação das grandes fortunas, que são de apoio de setores significativos da sociedade, para impor o sonho guerrilheiro de governar o país sem legislativo, sem judiciário e sem imprensa livres e sem oposição debaixo de uma ditadura totalitária, como nunca se viu antes no país, nem se verá, esperamos.

Matéria completa clic aqui

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails